h1

Car Sharing – Um novo tipo de transporte público

fevereiro 25, 2008

Car SharingQuem mora em uma grande cidade, sabe que um dos maiores problemas é o transporte. Seja público ou privado, enfrentamos trânsito, engarrafamentos, poluição. Em boa parte, isso acontece por causa da ineficiência do transporte público e da quantidade pessoas com carros próprios . Em São Paulo, para se ter uma idéia, são 800 novos veículos nas ruas por dia. Na última década, foram 1,1 milhão de novos carros espalhados pelos buracos da cidade. A verdade é que, se todo os 5,9 milhões de carros saírem nas ruas de uma vez, ninguém sai do lugar. Então, qual a solução?

A resposta não é simples. Mas ela passa, necessariamente, pelo transporte público. Metrô, ônibus, caminhar ou até pegar um táxi. Sim, táxi. Porque ele pode, e deve, ser considerado um tipo de transporte público, na medida em que não pertence ao seu usuário: depois que termina minha corrida, outra pessoa usa, e assim por diante. Dessa forma, não precisamos de vagas, por exemplo. E todos os recursos naturais utilizados na sua produção estão sendo usados com o máximo de eficiência. Afinal, quem tem carro, usa-o quanto? 3 ou 4 horas por dia? Um táxi pelo menos, de 8 a 10 horas.

E, não tem jeito: por mais ônibus e metrô que a gente pegue, sempre existem aquelas situações em que não tem jeito: só um carro resolve. Aí, você pega um táxi, pede carona, empresta de algum conhecido. Dá até pra alugar, mas o carro mais simples não sai por menos de 30 reais + um valor por quilômetro rodado ou 90 reais com quilometragem livre. Fora o combustível. Ou seja, não é exatamente barato.

São essas opções aqui no Brasil, mas se estivéssemos em São Francisco ou Londres, as coisas seriam um pouco diferentes. É que por lá, dá para utilizar um serviço que foi batizado de Car Sharing. A idéia, que primeiro foi implantada na Suíça consiste num tipo diferente de aluguel de carros, mas com diversas vantagens: você paga por hora, e não por dia – e custa só 8 dólares por hora. Também dá pra alugar por diária, que sai por 65 dólares, no plano mais simples (o valor cai conforme a utilização). O mais legal é que, além disso, você ainda tem direito a 180 milhas (290 km), seguro, combustível (!!!!!) e, o que é melhor, vagas reservadas só para ele em toda a cidade. Como existe uma parceria com as prefeituras, você encontra vagas reservadas só para esses carros por toda a cidade. E é simples também: você se cadastra, paga uma taxa anual (que não é nenhum absurdo), e quando precisar, basta acessar o site e procurar o carro mais próximo de você. Aí você reserva por algumas horas, vai até o carro e só precisa aproximar o cartão da porta: ela abre para você. Fácil, fácil. E dá pra fazer por telefone também.

Ok, não é propaganda que eu estou fazendo aqui, embora até pareça, mas é que a idéia funciona, 30% das pessoas que usam o serviço já venderam seus carros ou deixaram de comprar. Não é preciso se preocupar com manutenção, registro do carro, juros, nada. Como eles mesmo dizem: é uma revolução. Além da ZipCar, também existem outras empresas em outras cidades e países. Para conferir a lista e saber mais sobre o assunto, é só clicar aqui.

Possuir um automóvel é um direito de todos. Não um dever. Por isso, quando for tirar seu carro da garagem da próxima vez, seja para comprar pão ou ir ao trabalho, pense um pouco em quanto você é parte do problema ou da solução. Talvez você descubra, como eu, que é possível renunciar a esse direito.

E o fato é que a onda do compartilhamento de bens está tomando conta do mundo. Depois eu falo mais sobre outros movimentos parecidos, como o de bike sharing. Parece que o mundo está mudando, mesmo.

:::

Foto cortesia de Steve Rhodes via Flickr.

About these ads

8 comentários

  1. Sem contar na preservação do meio ambiente, através da redução de gases poluentes, como CO, HC e NOx, e do gás de efeito estufa, CO2.

    Sem sombra de dúvidas é necessário racionalizar as viagens realizadas e cada vez mais deixarmos o carro de lado, especialmente para viagens de curta duração.


  2. Olá
    meu nome é Márcio sou aluno do curso de MBA Gestão estaratégica de negócios e finanças.Estou trabalhando em um plano de negócio para montar uma empresa de CAR SHARING em São Paulo.Gostrai de saber ne você conhece alguma fonte de dados para justificar um negócio como este.

    Grato
    Márcio


  3. Meu nome é Rafael e achei muito interessante este novo negócio do Car Sharing… No entanto gostaria de saber quais as empresas que prestam este tipo de serviço e como faço para me cadastrar na mesma a fim de usufruir do serviço oferecido…

    Grato…


  4. Aqui no Brasil, a única empresa do ramo que eu conheça é a zazcar, mas o preço é proibitivo e a capilaridade, fundamental nesses modelos, mínima. Acesse http://www.carsharing.net/. Lá vcs encontram mais infos sobre o assunto.


  5. [...] Outros artigos sobre a temática do Dia Sem Carro, aqui do Quintal: Espaços públicos como políticas públicas Ônibus lotado? Culpe o automóvel. Carros elétricos são o futuro?Vocês têm relógio, nós temos tempo É preciso caráter! Entrevista com Enrique Peñalosa (parte 1) Se houver mais espaço para os carros, haverá mais carros – Peñalosa (parte 2) Infra-estrutura gera demanda ou porque a Nova Marginal não vai resolver o trânsito Car Sharing – Um novo tipo de transporte público [...]


  6. [...] há necessidade, o possuindo de maneira coletiva, como o exemplo dado do Zipcar, empresa de car-sharing. O palestrante também falou sobre impressão 3D, apresentando-a como uma solução sustentável [...]


  7. Condorco totalmente com a visão de que isto é uma revolução. O compartilhamento vai salvar nosso planeta do colapso ambiental e gerar prosperidade como nunca.

    Vai haver também um “pequeno” solavanco na economia, acostumada com o modelo consumista gerador de lixo. Mas passa.

    Parabéns, e um abraço,

    Silvio.


  8. Very efficiently written post. It will be valuable to anyone who usess it, as well as myself. Keep doing what you are doing i will definitely read more posts. fddkedacdbaf



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 100 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: