h1

Remando contra a maré

novembro 7, 2008

contramaoFaz algum tempo que eu quero escrever sobre isso. A notícia não é exatamente fresca – mas essas coisas nunca ficam realmente velhas. A Petrobrás achou uma enorme reserva de petróleo muito profundo – o tal do pré-sal. Aí o Lula comemorou e, como adora fazer, foi lá e mergulhou a mão no ouro negro.

Começou a discussão: vamos criar uma nova estatal, ações da Petrobrás no chão, não vamos criar uma nova estatal, usa a grana para fazer justiça social e assim por diante. Aí, o preço do barril caiu e começa uma nova especulação, já que extrair esse óleo é muito caro demais da conta.

Minha opinião? Fecha o buraco e esquece que achou. O mundo inteiro discutindo medidas para diminuir a dependência do petróleo e o Brasil comemorando a futura entrada para a OPEP. Ongs, governos e empresas pensando em como descarbonizar a economia e investir em novas e renováveis matrizes energéticas, e o governo brasileiro pensando em transformar um enorme estoque de carbono em justiça social. Tudo isso enquanto colabora com o agravamento do efeito estufa.

Que justiça, meu deus? Será que esse povo é realmente tão inguinorante que não sacou ainda que estamos cavando a própria cova? Será que realmente o lucro é tão mais importante assim do que a perenidade da humanidade? Porque se as coisas continuarem como estão, as projeções não são nada animadoras

É a tal falta de entendimento de como as coisas estão interligadas. Sério, tanta gente percebe, discute isso. Milhares de protestos mundo afora e o ser fechado na sua bolha, vivendo de fazer birra, colocar a culpa nos outros e dizer que o que importa são as emissões históricas – mesmo que agora estejamos emitindo carbono pra caramba. É a história clássica: Sou contra o Mensalão, mas dou uma graninha pro guarda pra não levar a multa. Reclamo do outro fechar o cruzamento, mas estaciono na faixa de pedestres. 

Juro, será que ninguém “lá em cima” é capaz de ligar os pontos?

Quer outro exemplo do Brasil na contramão da história? Em 2002, o Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) soltou uma Resolução (a 315) que dizia que o diesel brasileiro não poderia ter mais do que 50 PPM (partes por milhão) de enxofre nas zonas urbanas – o mesmo padrão europeu. O diesel atual tem 2.000 PPM de enxofre, que é um cancerígeno e responsável por 3 mil óbitos anuais na cidade de São Paulo. Para ter uma idéia, esse é o mesmo índice de alguns países africanos, como Argélia, Namíbia, Botsuana e Líbia. Enquanto isso, a Petrobrás patrocina a Fórmula 1 e diz que seu combustível é muito massa (ops, Massa não – Rosberg).

A Resolução dizia que a partir de janeiro de 2009 só poderia ser vendido diesel com as novas características. Ou seja, foram 7 anos para que tanto a indústria automotiva quanto Petrobrás e ANP se mexessem e desenvolvessem o produto. E aí, o que acontece em 2008? Todo mundo começa a reclamar que não será possível cumprir o prazo. Quem é todo mundo? Anfavea, Petrobrás, montadoras e ANP. Virou um jogo do empurra e ninguém fez a lição de casa.

Agora tenta você, leitor, dizer que não vai pagar o Imposto de Renda porque não será possível fazê-lo no prazo. Veja se o MP faz um acordo (sério, clique e entenda melhor) dizendo que tudo bem, desde que você pague 1 real por mês e ajude a fiscalizar se os outros estão pagando seus impostos (coisa que você não fez). Aí, em 2014 você paga os impostos – o que você ganhou de dinheiro até lá é lucro seu, espertão.

Pois foi mais ou menos isso que aconteceu. E pior: mesmo com o protesto de milhares de pessoas e centenas de ONGs e outras organizações, o acordo foi homologado esta semana pela Justiça Federal.

O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, disse que a coisa não vai ficar barata e o município está averiguando como entrar na justiça contra esse “acordo” que fere os interesses da sociedade (pelo menos aquela que não ganha dinheiro vendendo carro). Enquanto isso, nosso Ministro do Meio Ambiente, que assumiu o posto todo pomposo dizendo que ia fazer e acontecer, diz que fez o melhor possível e que estava sofrendo muitas pressões. Coitado. Ministro sendo pressionado é sacanagem mesmo. Aliás, devíamos mesmo era parar de importunar quaisquer políticos e deixá-los fazer seu trabalho (vamos, clique e saiba do que estou falando), fundamental à democracia do país, em paz.

OK. Sarcasmo à parte, o pior dessa história toda é que a Petrobrás não só detém a tecnologia para produzir o diesel S50, como exporta esse combustível para a Europa. Tanto que, no início do ano, diversas ONGs entraram no CONAR contra ela por propaganda enganosa, já que a estatal dizia ser uma empresa preocupada com o meio ambiente – mas não vendia aqui o diesel 40 vezes menos poluente. E as montadoras estão meio que no mesmo barco, já que elas vendem os caminhões e ônibus lá fora respeitando as leis locais. É mesmo uma questão econômica: desrespeitar a lei e pagar a multa sai mais barato do que respeitá-la.

É por isso que eu digo, estamos perdendo uma grande oportunidade. O Brasil possui uma matriz energética relativamente limpa, muito acima da média mundial, e a possibilidade de realizar seu potencial de economia verde – que o povo lá fora tanto vê. Só que continua com os governantes errados (leia-se Blairo Maggi e seus colegas), que vivem de demagogia e imediatismo. De construir seus patrimônios pessoais e ajudar correligionários. Se minha avó fosse dizer algo a respeito, diria que governante bom era o Getúlio, ditadura inclusa. Eu sou contra qualquer tipo de ditadura, mas acredito que o Brasil, meus amigos, precisa mesmo é de gente de verdade, que esteja comprometida com a sociedade como um todo. Precisa de gente de carne e osso e não espantalhos sem cérebros, homens de lata sem coração, leões sem coragem </Mágico de Oz> que só cuidam do seu bairro ou curral eleitoral.

Porque o nosso Quintal é o mundo. E logo mais não vai ter tapete suficiente pra esconder tanto lixo. Como diz um amigo meu, o futuro vai julgar nosso tempo como um momento muito parecido com a Idade das Trevas. A não ser que façamos algo, e muito rápido.

Mais:

Montadora já faz motor “mais limpo”, mas só para exportar

Conar suspende propagandas da Petrobras

Diesel: procuradora critica texto da resolução Conama e diz que acordo é um “avanço”

:::

Não sabe o que significam alguns desses termos? Semana que vem eu explico.

Foto cortesia de Fernando Stankuns via Flickr alterada com ajuda do Picnik.

About these ads

5 comentários

  1. Excelente texto. E perspectivas desanimadoras…

    Hoje estava lendo alguns textos lá no blog do Hugo Penteado e da Claudia Chow, Nosso Futuro Comum, e as mudanças necessárias na economia também são grandes e, como na área de combustíveis, mexem com os grande$.

    Mas todas essas mudanças precisam ser feitas, sem enrolação. Só que têm que assumir uma roupagem que faça com que os grande$ não vejam outra saída a não ser investir nelas.

    Suspiros…


  2. [...] mim, soa a heresia. O problema do Diesel Limpo é outro, e eu não vou me estender num assunto que já falei antes. De qualquer maneira, por mim o pré-sal era logo fechado e deixado lá, mas são outros [...]


  3. [...] Remando contra a maré [...]


  4. “Minha opinião? Fecha o buraco e esquece que achou”
    Minha opinião: “ou mudamos TUDO que está errado no mundo, ou não mudamos absolutamente nada”…


  5. Junior,
    Noto um certo sarcasmo no seu comentário, mas vou imaginar que é coisa da minha cabeça. Se a gente for arrumar tudo que está errado no mundo, qual a visão de mundo que levaremos em conta? Acho que cada um de nós tem opiniões diferentes sobre o que está certo e errado. Fatalmente é impossível corrigir “tudo que está errado no mundo”. No limite, e põe limite nisso, poderíamos colocar tudo no mundo de acordo com a visão de uma pessoa. Aí estaria tudo “consertado”, né?



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 98 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: