h1

A tecnologia irá nos salvar. NOT!

outubro 19, 2009

Foto cortesia de Bundini via Flickr

Foto cortesia de Bundini via Flickr

Se você é daqueles que crê na ciência e tecnologia para resolver nossos problemas, é melhor rever suas crenças. Não, não estou dizendo que parte da solução não passa por inovações tecnológicas. Mas o fato é que a tecnologia é só parte do mix, e eficiência sozinha não resolve nosso problema. Por quê? Existe uma coisa singela chamada “Decoupling”.

Decoupling acontece quando aumentamos a eficiência no uso de recursos para a produção de bens e serviços ao mesmo tempo em que a economia cresce.  Isso significa que conforme o PIB vai crescendo, a intensidade de recursos por unidade diminui (Um exemplo é a quantidade de energia necessária para produzir 1 dólar de riqueza, que foi reduzida em 33% desde os anos 70).

Mas existem dois tipos de Decoupling: o relativo e o absoluto. O relativo acontece quando o impacto unitário da produção diminui mas, com o aumento da produção, os ganhos se perdem – e o impacto total é maior que o inicial.

Um exemplo simples disso são os celulares. Quando lançados, eram aqueles tijolões caríssimos. Sua produção demandava muitos recursos mas, pelo preço proibitivo, eram pouco difundidos. Com a evolução dos aparelhos, cada vez menores e mais leves, o impacto de cada celular diminuiu, mas hoje temos milhões (bilhões?) de telefones móveis pelo mundo. Entendeu?

Telefone do Futuro? Foto de Lynn Barry

Telefone do Futuro? Foto de Lynn Barry

Já o decoupling absoluto é aquele que, teoricamente, devemos buscar. Neste caso, a diminuição da intensidade no uso de recursos naturais é maior do que o aumento da escala da produção, o que torna o impacto total menor.

O problema é que, para alcançá-lo, devemos aumentar a eficiência na produção de maneira mais rápida que o crescimento populacional e a afluência financeira (a capacidade de consumo). Só que isso é muito difícil, porque existe uma singela fórmula matemática que diz que o Impacto Total é igual a população vezes afluência multiplicada pela tecnologia (I=PAT). Essa tecnologia é a eficiência nos processos (e na verdade divide o PxA).

Tá, tá, colocou fórmula matemática, complicou tudo. Mas, na real, é bem simples. Precisamos usar cada vez menos recursos para produzir “coisas” porque a população está crescendo cada vez mais e consumindo cada vez mais. É como eu falei lá atrás, neste post sobre não existir jogar fora.

E, como eu disse, a solução passa pela tecnologia, mas deve necessariamente mudar hábitos de consumo para que possamos evitar, ou diminuir, esse lance bobo chamado Mudança Climática.  Como hoje eu peguei meio pesado, vou colocar um vídeo para a gente repensar um pouco essa busca frenética pela prosperidade econômica.

E, de quebra, outro que mostra como felicidade não depende de coisas complexas e caras. Você já viu uma criança se divertir tanto indo pra escola?

:::

Ps. Prometo que vou maneirar nas piadas de NOT!

About these ads

10 comentários

  1. […] Ler notícia completa: A tecnologia irá nos salvar. NOT! « Quintal – Idéias para um mundo … […]


  2. […] A tecnologia irá nos salvar. NOT! « Quintal – Idéias para um mundo melhor nossoquintal.org/2009/10/19/a-tecnologia-ira-nos-salvar-not – view page – cached Se você é daqueles que crê na ciência e tecnologia para resolver nossos problemas, é melhor rever suas crenças. Não, não estou dizendo que parte da solução não passa por inovações… (Read more)Se você é daqueles que crê na ciência e tecnologia para resolver nossos problemas, é melhor rever suas crenças. Não, não estou dizendo que parte da solução não passa por inovações tecnológicas. Mas o fato é que a tecnologia é só parte do mix, e eficiência sozinha não resolve nosso problema. Por quê? Existe uma coisa singela chamada “Decoupling”. (Read less) — From the page […]


  3. NOT é a versão gringa pseudo-sofisticada do Caetanês “ou não”… então é realmente recomendável maneira nessa piada! ahahah


  4. Discordo. Not é uma afirmação, enquanto o caetanês “ou não” é uma possibilidade. Not é a negação total da coisa, né?


  5. Dysprosio – Not é não. A idéia é negar a afirmação de que a tecnologia é capaz de nos salvar e pronto. Em momento algum ele expressa a idéia subliminar, pelo contrário, o NOT é bem objetivo!

    Vitor Leal – Entendo que a tecnologia é capaz de fazer grandes estragos no ambiente em que vivemos, mas tenho que discordar em termos com o título do post. Acredito que não dá para sermos radicais a ponto de dizer que a tecnologia não pode nos salvar. Se não fosse a ela evoluindo, por exemplo, na Medicina, ainda teríamos sistemas arcaicos tentando salvar vidas em pleno século XXI! Mas em relação ao conteúdo, muito bom!


  6. Olá, Letícia,
    Não estou falando que a tecnologia não pode nos salvar individualmente, mas sim como espécie, a humanidade como um todo. Quero combater o conceito de que a tecnologia é capaz de resolver tudo, pq não é. O buraco é mais embaixo e é disso que o post fala.


  7. Olá Vitor!
    Concordo com você, estaríamos sendo ingênuos demais se acreditassemos que a tecnologia é a única salvação da humanidade, mas acredito que seja uma das partes fundamentais para nos direcionar à salvação (se houver!).
    Difícil será mudar hábitos e mentalidade da sociedade em que vivemos…afinal quem hoje em dia irá querer ficar com um celular durante 5 anos?

    Abraços!


  8. Acho que é por aí sim. Só uma curiosidade: fiquei com meu último celular por 5 anos e o atual já está comigo há 4 e meio. Vou trocá-lo em breve, mas quando compramos pensando no longo prazo, acabamos escolhendo melhor e nos preocupando mais com a qualidade.

    Ab


  9. Nossa! que blog massa, parabens!

    gostei dos posts!

    t+
    pauloricardo123456@bol.com.br


  10. […] mensagem que deve ficar é a mesma deste post: o carro elétrico não irá nos salvar. Não o use como desculpa. O importante é saber abrir mão […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 100 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: