h1

Resposta ao Bicho-preguiça

outubro 22, 2010

Um blogueiro chamado Colin Edward Brayton, jornalista, escritor e tradutor (em suas palavras), escreveu em seu blog e citou o Quintal, além do Ecodesenvolvimento e o Sustentável é Pouco. Aparentemente, ele sugere algum tipo de Teoria da Conspiração de que nós fazemos parte, e que envolve desde a Rede Globo até o Departamento de Estado americano. Nem preciso comentar que não faz muito sentido.

Mas, como eu tentei comentar por lá e ele tem uma política de comentários bem antidemocrática, resolvi deixar minha resposta aqui, para que fique registrado o que penso sobre o assunto.

Ah, e tem uma pérola: ele me chama de “covardanônimo”, o que não faço ideia do que significa. Se alguém souber, avise. A resposta mais criativa ganha um tuíte. Segue minha resposta:

 

Caro bicho-preguiça,

Gostaria de entender seu post. Sério, entender. Pq você colou um monte de links e pedaços de histórias e não chega a lugar algum. Se vc queria provar algum ponto, bem, não dá nem pra saber se havia qualquer ponto a ser provado.

Além disso, queria saber o que significa “covardanônimo”. Entendo que você não é falante nativo de português e algo deve ter se perdido na tradução. Fiquei curioso. Outra: o nome do blog é QUINTAL e não “Nossa Quintal”.

Pelo que pude entender, você fez algum tipo de acusação não clara sobre o meu blog, o da Cláudia Chow e do Denis Russo. Só não ficou clara qual foi a acusação. Esclareça, por favor.

BTW, a Natura não “convocou”. Novamente, deve ser a falta de intimidade com o Português. Convocar passa a ideia de algo que é mandatório e autoritário. A Natura convidou: ofereceu um convite para que eu e os demais fôssemos ao evento do Instituto Ethos sem a necessidade de qualquer contrapartida. Aliás, em nome da transparência, eu disse quem me deu o convite e nada mais. A Natura sequer pediu que fizéssemos a cobertura. Não falei mal ou bem da empresa nem comentei sua participação. Coloquemos os pingos nos is, ok?

Pelo que vi no seu blog, você não aceita comentários contrários ao que você pensa, o que vai bastante contra a possibilidade democrática da internet. Espero que você publique o meu, já que entendo que o diálogo é algo desejável.

 

Semana que vem, voltamos à programação normal. Bom fim de semana.

Anúncios

One comment

  1. Vitor, além de ser uma coletânea de citações sem relação aparente, o português dele é ininteligível. Tradutor? Tem cara de tradução automática.

    Eu, sinceramente, não entendi o que ele quis dizer, e acho muito imprudente ele ter acusado pessoas dessa forma sem se aprofundar na questão. Todo bom jornalista (?) sabe que tem que ouvir todas as partes. Tá na cara que, antes de publicar o post, ele não entrou em contato com vocês, né?



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: