Archive for the ‘Alternativas’ Category

h1

Quando a solidariedade encontra a responsabilidade ambiental

setembro 20, 2007

BonecaPlástico. Muito plástico. Componentes metálicos. Pilhas. Náilon para costura. Derivados de petróleo. Cola industrial. Existe um produto que congrega todos esses elementos nocivos ao mesmo tempo em uma aparência doce, inofensiva e bonita: o brinquedo. Read the rest of this entry ?

h1

Park(ing) day

setembro 6, 2007

Parqu�metroTudo começou em 2005, em São Francisco, quando algumas pessoas resolveram colocar umas moedas no parquímetro e transformaram uma simples vaga num parque instantâneo. O valor colocado dava direito a duas horas de estacionamento e uma pequena placa sobre o parquímetro incitava as pessoas a colaborar com mais dinheiro e, conseqüentemente, mais tempo de parque. Read the rest of this entry ?

h1

Capacete de Bambu

agosto 27, 2007

Capacete de BambuPara quem se pergunta porque este blog se chama bamboo, este é um dos motivos: ele ajuda o meio ambiente e é pau pra toda obra (sem trocadilhos).

:::

Esse capacete, da marca britânica Roof, é feito de bambu garante a segurança da sua massa cinzenta tanto quanto os capacetes comuns. Além disso, ele tem a vantagem de ser feito de um recurso renovável, o que é bom para o planeta. Para quem quiser, e conseguir comprar, custa 189 pounds (cerca de 750 reais). A edição é limitada e não deve aparecer aqui pelo Brasil. Mas que é legal, lá isso, é. Motorcycle News, via TreeHugger.

h1

Como combater o Aquecimento Global trocando uma lâmpada

agosto 24, 2007
h1

Aquecedor Solar feito em casa

agosto 17, 2007

Uma das mais importantes alternativas energéticas ao petróleo é a energia solar. A fonte – o Sol – é praticamente inesgotável, tem pelo menos mais 5 bilhões de anos de vida útil, e está sendo desperdiçada diariamente. Para se ter uma idéia, em 15 minutos o Sol irradia tanta energia quanto a humanidade inteira utiliza em um ano inteiro. Read the rest of this entry ?

h1

Carros verdes

agosto 8, 2007

LightningEsse que vos fala, ainda que defenda o transporte público e acredite em uma vida mais sustentável, não pode deixar de ser fascinado por carros. E assim fui desde sempre. De criança, quando nomeava na janela da minha avó todos os veículos que passavam pela rua, até hoje, quando meu sonho de consumo é um Mustang 66. Mas, como eu mesmo disse, acredito numa vida mais sustentável. Então como conciliar as duas paixões? Read the rest of this entry ?

h1

Saber jogar fora, parte 1

agosto 4, 2007

Quando mudei do Rio de Janeiro para São Paulo, minha relação com o lixo mudou completamente. O Rio de Janeiro não possui coleta seletiva pública e não existem alternativas privadas viáveis para a população. Confesso: foi um suplício entender que na lixeira de pia eu podia jogar OU as embalagens OU os orgânicos, que não era para misturar e que no subsolo do meu prédio a areia suja do meu gato não ia ficar em cima da caixa de pizza.

O mais engraçado disso tudo é que eu sempre fui alguém relativamente preocupada com o meio ambiente. Sempre economizei água, energia elétrica e gás. Sempre fui preocupada com o tratamento ético dos animais. Estava sempre bem informada sobre questões relativas ao aquecimento global. Então por que o lixo não fazia parte das minhas preocupações? Read the rest of this entry ?

h1

Caixinha mágica

julho 30, 2007

1.jpegTrês companheiros de pescaria galeses dizem estar muito perto de uma solução parcial tanto para o problema energético quanto para o de emissão de gases estufa. Juntos, eles bolaram uma caixinha – Greenbox – que se acopla ao escapamento e, basicamente, captura 95% de todos os gases estufa que emanam da combustão interna do motor. Quando o motorista for reabastecer, a caixinha é trocada por uma nova e enviada para uma fábrica, onde os gases capturados viram alimento para algas geneticamente modificadas. Aí, basta esmagar as algas para obter biodiesel. Tudo muito simples e com mínimo gasto de energia. Além disso, o processo ainda produz gás metano e fertilizante. Agora basta saber se o processo funciona realmente – ele ainda está em fase de testes, procurando apoio do governo britâncio, mas já existem contatos dos cientistas com GM e Toyota. Reuters via TreeHugger

%d blogueiros gostam disto: